Sejam Bem Vindos

Espero que curtam e acompanhem meus posts. Conto com a participação de vocês com comentários, sugestões e até mesmo críticas, desde que construtivas.

O Cego de Jericó

Com certeza Bartimeu saiu de casa aquele dia para mais um dia de rotina. Vs. 46 – Sentado à beira do caminho (solitário) - Jesus era seguido de seus discípulos e grande multidão, ele poderia pensar: “será que ele me notará, fará alguma coisa por mim?”

O Vulto da Mulher da Foice

Diz a lenda que em uma pequena cidade do interior, um vulto de uma mulher vestida de negro e com uma foice em punho era vista em pontos diferentes do lugarejo altas horas da noite por muitas vezes.

Seus Olhos

Seus olhos me olham profundamente, Num brilho que reflete em minha alma, Lá no fundo eles me dizem o que seu coração espera,

É Verdade Amor

É verdade amor Não tem mais como esconder O que sinto por você. Relutei, não queria aceitar Pensava: Ela é minha amiga, não posso me apaixonar

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

TURBILHÃO


Foi um tempo
passou um carro,
um trator
um avião? Não, 
um turbilhão 

Foi um tempo
Todos em minha volta
As pessoas, 
felizes, sorrindo, em paz
E eu, turbilhão de tristeza
Eu não queria.

O céu azul lá fora,
O sol brilhando, todo reluzente
Ambos emanando  tanta alegria
Que nas águas dos rios, refletia.

Era a natureza feliz.

E eu, um turbilhão de tristeza
Estava livre, mas me sentia encarcerado
Sem força, sem motivação, algemado.

Eu queria, desejava, 
mas no meu interior
tristeza, um turbilhão, 
depressão. 

Foi assim, 
um longo tempo
essa prisão 

Lutei, gritei, me libertei 
Me libertou 
Sim, Jesus me ouviu, 
Me salvou, me libertou 

Nem acredito, turbilhão passou
Tristeza é sinônimo de passado

Agora faço companhia para o céu, 
para o sol, minha alegria
no mar da vida se reflete.

No meu rosto, um sorriso estampado
Revela a paz segura 
de um ser transformado.

*Foto da internet
** Escrito em 16/01/2019.

domingo, 6 de janeiro de 2019

NASCI LOCUTOR


sábado, 15 de dezembro de 2018

TALVEZ VOCÊ

Não da pra saber
Pode-se imaginar.

O que há por trás dos óculos?
Não, mais além,
No profundo dos olhos.

O sorriso diz alguma coisa?
O que há por trás?
Dúvida, tristeza, alegria?

E no pensamento quem está?
Quem pode responder?
Talvez você!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

ELA, A PROMESSA. ELE, O CAFÉ













Fez uma promessa
Sim, ela me fez uma promessa
Ela disse que viria um dia
Que nunca me iludiria 
Que viria, era só esperar

Eu, da minha parte prometi 
Disse: Venha me ver, 
Vou te servir um bom café 
Sorrisos e olhares sinceros

Esse dia, quando será?
Perguntei desconfiado

Vou em breve
Respondeu ela com alegria 
E um leve tom de mistério.

Temos um encontro marcado
Quando será? 
No futuro.

Ela me prometeu,
Vou ser avisado.



*** imagem da internet