sexta-feira, 15 de novembro de 2013

UNIDADE E ADORAÇÃO


SALMO 133

V.1 – “Oh! Quão bom e suave é que os irmãos vivam em união”.
         
a) Veja o interesse de Deus na unidade de seus filhos para adoração. Podemos dizer que não há adoração sem unidade.

b) Quando Davi escreveu esse Salmo havia desunião entre seus filhos.

[Amnon abusou de sua irmã Tamar e foi morto por Absalão. Mais tarde o próprio Absalão se revoltou contra Davi tentando tomar seu trono e foi morto pelo comandante do exército do rei]

c) Há unidade entre Deus: Pai, Filho e Espírito Santo.

d) Davi era um adorador e sabia que a desunião entre irmãos era um impedimento (empecilho) para a adoração.

V.2 – “É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão até a gola das suas vestes”.


e) A unidade dos irmãos é de extrema importância quanto a ordenação de um sacerdote.

f) O óleo usado para unção de sacerdotes era exclusivo como está escrito em Êxodo 30:22-33 – “Tu, pois, toma para ti as principais especiarias... e disto farás o óleo da santa unção. Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me administrarem o sacerdócio.”

* A fórmula do óleo da unção era receita do próprio Deus.

g) Representa o Espírito Santo com uma unção especial alcançada somente através da unidade (genuína adoração) dada a sacerdotes. Segundo 1 Pedro 2:9, todos fomos chamados para ser sacerdotes.

h) O verdadeiro sacerdócio para Deus não é provado no trabalho mas na unidade (adoração). Unção especial para o serviço.

i) O óleo era derramado com abundância sobre o sacerdote na ordenação, pois quando há unidade, há muita unção do Espírito.

j) Por igual modo, a unidade do povo de Deus é um rico perfume que torna a adoração deles agradável ao Senhor.
Em Romanos 15:6 diz, “Para que com um só coração e uma só boca vocês glorifiquem ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”.

V.3 – “É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor ordena a benção e a vida para sempre”.

K) A neve acumulada no topo do monte Hermom derretia e fornecia água para aquela região.
Era como se o Hermom abençoasse os outros montes em sua volta.

l) A unidade gera o desejo de abençoar nossos irmãos.

m) Deus ordena a benção quando há unidade e vida espiritual permanente.


“Vale informar que o Monte Hermom (Montanha Sagrada) é a mais destacada e a mais linda montanha da Palestina. Com altura de 3.000 metros acima do nível do mar, seu cume está coberto de neve, enquanto a terra em redor fica queimando pelo sol do verão.

Possivelmente o 'alto monte' citado em Mateus 17:1/Marcos 9:2/Lucas 9:28 seja o monte da transfiguração.” (Pequena Enciclopédia Bíblica)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário